Quando devo levar meu gato ao veterinário?

Os felinos são mestres em esconder os sintomas de algumas doenças, por isso é importante ficar atento aos menores sinais que eles dão aos tutores

É preciso levar o gato ao veterinário com regularidade

No último texto desta coluna eu falei sobre o Grafite, meu gatinho que está doente . Ele perdeu muito peso em pouco tempo, o que chamou a minha atenção, porém nem sempre os gatos demonstram que não estão bem. Pelo contrário: os felinos são considerados mestres na “arte” de esconder doenças.

Diversos estudos demonstram que donos de gatos levam seus animais ao veterinário com menos frequência do que donos de cães. Dentre as explicações para tal fato está a percepção equivocada do dono de que seu gato está saudável e, portanto, não precisa ir ao veterinário. Esse engano ocorre porque gatos expressam dor de uma maneira muito mais sutil do que cães. Além disso, muitas doenças são silenciosas em seus estágios iniciais, como a Doença Renal Crônica em gatos. 

Para tentar melhorar a qualidade de vida dos bichanos, tem-se enfatizado cada vez mais a importância da Medicina Preventiva. A Associação Americana de Medicina Felina recomenda que os gatos passem por uma avaliação veterinária no mínimo uma vez ao ano. Para gatos idosos, que são aqueles que têm mais de 10 anos, a avaliação deve ser feita de forma ainda mais frequente: no mínimo a cada seis meses. 

Além das avaliações anuais ou semestrais, o tutor pode e deve levar o seu gato ao veterinário nas seguintes situações:

  • Quando o gato nitidamente tem comido menos;
  • Se está perdendo peso;
  • Ou ganhando muito peso e se tornando obeso;
  • Quando está vomitando mais do que uma vez a cada dois meses;
  • Se tem apresentando fezes muito moles ou fezes ressecadas;
  • Seu o gato está bebendo mais água;
  • Quando está fazendo mais xixi ou está fazendo fora da caixinha de areia;
  • Está com dificuldade de subir ou descer de móveis;
  • Se está com mau hálito;
  • O gato tem demonstrado mudanças de comportamento como, por exemplo, está mais arisco, carinhoso, miando mais, dormindo mais, etc.

Esses são apenas alguns exemplos de sinais que seu gato pode não estar tão saudável quanto aparenta. Check-ups regulares são a melhor forma de detectar as doenças de forma precoce e, assim, proporcionar ao seu bichano a qualidade de vida que ele merece. 

Sobre Yumi Hirai

Yumi Hirai é médica veterinária formada pela USP e dedicada ao atendimento de felinos na Clínica Vetmasters em São Paulo. É mãe de dois gatinhos fofos, Grafite e Pitoco. Escreve quinzenalmente sobre as dúvidas que deixam os donos de gatos de cabelo em pé.

fonte: https://canaldopet.ig.com.br/colunas/yumi-hirai/2021-07-06/quando-devo-levar-meu-gato-ao-veterinario-.html